Inferno na "Vila Nova da Praia Costa do Sauipe - Mai/01

Voltar

Você poderá passar fome...vontade de beber um suco fresquinho e só lhe oferecerão água de côco ao preço de R$2,50....pode acreditar EU VIVI ISSO DURANTE UMA SEMANA, QUANDO VOLTEI E RECLAMEI A ADVOGADA DA COSTA DO SAUIPE ME PERGUNTOU POR QUE NÃO FUI EMBORA LOGO SÓ SEGUNDO DIA.

RESPONDI: APENAS PORQUE NÃO CONTRATEI UM JATINHO PARTICULAR PARA VOLTAR PARA O PARAÍSO QUE É SÃO PAULO!

COMPREI UM PACOTE DE UMA SEMANA PARA COSTA DO SAUIPE E FUI ENGANADA....QUASE NADA DO QUE SE VÊ OU SE LÊ NAS PROPAGANDAS É REAL QUANDO LÁ SE CHEGA.

SÓ EXISTE A BELEZA DA NATUREZA...NÃO EXISTEM SUCOS, NÃO HÁ SALADAS NOS CARDÁPIOS, NÃO HÁ CAMARÃO NEM LAGOSTA GRELHADOS OU VIVOS PARA NOS DAREM BOAS VINDAS!!!! 

SENTI FOME, SENTI VONTADE DE BEBER UM SUCO NATURAL...SÓ TEM ÁGUA DE CÔCO POR R$2,50 OU ÁGUA COM GÁS TAMBÉM R$2,50.

NÃO TEM MEDICAMENTOS PARA UMA NECESSIDADE INESPERADA, NÃO HÁ FARMÁCIA, SÓ NA PROPAGANDA QUE ELA EXISTE NO SITE http://www.costadosauipe.com.br!!!! 

VIVI A SEMANA MAIS CHATA DA MINHA VIDA.

OS SERVIÇAIS SÃO COMPLETAMENTE DESPREPARADOS, CHEGAM A NÃO SABER O QUE É "INTERNET" E O QUE É 
 
PASME!!!!!!!UM SUCO DE LARANJA "NATURAL"!!!!!!!!!!!!!

SE VOCÊ CONSUMIDOR(A), CIDADÃO (Ã), SER HUMANO NÃO QUER SE DECEPCIONAR E GOSTA DE BOA QUALIDADE DE ALIMENTAÇÃO VÁ PARA QUALQUER OUTRO LUGAR, MAS "NÃO VÁ PARA COSTA DO SAUIPE". 

O PREÇO É DE PADRÃO INTERNACIONAL E CINCO ESTRELAS - qualificação existente em todas as propagandas, inclusive no site - MAS,O SERVIÇO E A ALIMENTAÇÃO SÃO PÉSSIMOS, SEQUER MERECEM UMA ÚNICA ESTRELA.

Estes são alguns dos momentos das frustradas e traumáticas férias na Vila Nova da Praia Costa do Sauípe que vivi:

período: de 21/10 a 29/10

a)Uma semana antes de definir ir para Costa do Sauípe acessei o site para conhecer e efetuei o cadastro para saber frequentemente sobre as novidades, no mesmo acesso enviei através do "fale conosco" e mail perguntando sobre o funcionamento e a infra estrutura.

Infelizmente, passados MAIS DE 60 DIAS assim como não recebei nenhuma novidade, igualmente não recebi a resposta das minhas perguntas.

b) Comprei um pacote para duas pessoas para sete noites requerendo hospedagem na Pousada Gabriela (R$2400,00) com direito a café da manhã que segundo informação recebida diretamente da central de informações, era um café absolutamente completo e farto ("Fartava tudo!!!)

c) Chegando na Pousada não constava a respectiva reserva, aguardei a resolução deste meu problema e de mais um grupo de pessoas vindo através da CVC com o mesmo problema (Aproximadamente 30 minutos);

d) Ao chegar no quarto as acomodações eram diversas da SOLICITADA via reserva e reiteradas no balcão pessoalmente naquele momento;

e)No café da manhã existia: suco de laranja CONCENTRADO e água de côco; queijo prato, queijo fresco (HORRÍVEL!!!) e presunto (HORROROSO!!!), queijo "polenguinho", mamão, melancia e abacaxi; três tipos de pães todos caseiros - frios e murchos - , meia dúzia de tipos de doces entre eles bolos. Isto é o que tinha de disponível. Alternativamente, podia ser pedido omelete, ovos mexidos (HORROROSO), banana com coalho e melaço (SALVAÇÃO!!!!) e tapioca. TODOS OS DIAS A MESMA COISA!!!! 

Detalhe: no segundo dia pedi ao garçom SUCO NATURAL DE LARANJA, ele perguntou o que era isso, expliquei didaticamente que devia cortar as laranjas, espremer, e trazer imediatamente, sem gelo e sem açúcar. Ele disse que ia ver se era possível fazer! 

f)Em nenhum lugar havia suco de frutas natural. Salvo engano, é na BAHIA que existem as mais variadas, exóticas e maravilhosas frutas tropicais!!! Não tive acesso a nenhuma. O único suco disponível era de abacaxi, pedi duas vezes e não tomei em nenhuma, era apenas água com açucar !

g) Não tinha sorvete, chegou apenas no penúltimo dia e numa loja de conveniências. Não existia disponível nas pousadas, somente em uma lanchonete que só funcionava à noite. Durante o dia, na piscina...só na vontade.

h) Fora refrigerantes, a opção era água de côco, todos os coqueiros estavam abarrotados, despencando, mas o preço de cada unidade era de R$2,50 (dois reais e cinquenta centavos);

i)Existiam três restaurantes: na pousada da torre era buffet, aparência deixava a desejar, não experimentei; na pousada Maria Bonita ficava o restaurante nordestino. Neste, na primeira vez pedí um peixe (do cardápio) que era grelhado, mas veio EMPANADO, questionado o garçom, ele foi perguntar para o cozinheiro que respondeu que "achava que era empanado"! Em outra oportunidade pedi um tal de "arrumadinho" que segundo o cardápio era feijão com linguiça, carne de porco e carne seca, veio apenas carne de vaca!!!! Questionando o garçom, ele foi ao cozinheiro que explicou que não tinha os outros ingredientes, porisso eles não vieram no prato pedido!!!! Neste cardápio não existia nenhuma opção de salada. No Restaurante Italiano, na praça, havia uma única opção de salada - rúcula, tomate e mussarela de búfala - espaguete, penne, peixe com legumes, carne.

DETALHE: EM NENHUM DOS TRÊS RESTAURANTES EXISTIAM: SUCOS NATURAIS, SALADAS DIVERSAS, CAMARÃO GRELHADO, LAGOSTA GRELHADA, SALMÃO GRELHADO... - Mas eu juro que eu estava na BAHIA e num COMPLEXO TURÍSTICO CINCO ESTRELAS E DE PADRÃO INTERNACIONAL - PELO MENOS ISTO É O QUE ESTÁ NO SITE E O QUE SAIU NO JORNAL E TV!!!!.

j) camas trocadas dia sim dia não;

k)frigobar no quarto ABSOLUTAMENTE VAZIO, servia de decoração, se quisesse algo tinha que pedir e esperar meia hora até chegar no quarto.

l)Para ir passear em Salvador, qualquer locadora de automóvel cobrava uma taxa de R$40,00 a R$90,00 só para ir levar e buscar o carro até o "complexo costa do sauipe" (2x40 ou 2x90), + o aluguel e + combustível, portanto, ir passar um dia em Salvador equivalia a gastar R$500,00 ou ir até a Praia do Forte R$300,00, fora comida e despesas outras!!!!!!!

m) o mine comércio dentro da Vila Nova - diversamente do comércio sofisticado descrito no site - tinha camiseta polo por R$70,00; um chinelo de dedo por R$22,00, um quadro por R$400,00, uma blusinha por R$40,00 - um "shortinho feminino lá custava R$22,00 e no mercado em Salvador - IDÊNTICO- R$15,00 - IDÊNTICO - .

Água com gás R$2,50, consumi mais de dez, detalhe - água da Bahia mesmo - não era FRANCESA OU QUALQUER OUTRA IMPORTADA!!!! .

m)Detalhe: na propaganda de 4 páginas no jornal a Folha de SP 21/10PP., diz que as pousadas têm o conforto de hotel 5 estrelas e facilidade de acesso a internet. Lá, as recepcionistas e departamentos por elas consultados informaram que NÃO HAVIA INTERNET, graças a bondade do Sr Maurício da loja de conveniências, pude acessar a internet para verificar as publicações diárias na AASP, mas para isso tive que ficar atrás do balcão como se eu fosse a "caixa" da loja!!!! Uma situação desagradável e vexatória, afinal, no decorrer de todo este ano só pude desfrutar dessa única semana de férias, férias desagradáveis, desconfortáveis, com fome, com sede, sem nenhum saboroso e agradável almoço ou jantar. Para jantar no hotel breezes R$90,00 por pessoa e era o único hotel que estava inaugurado

IMPORTANTE PAGUEI O MESMO PREÇO QUE QUALQUER UM VAI PAGAR (SE QUISER TER PÉSSIMOS MOMENTOS!!!) INDEPENDENTE DE PARTE DO COMPLEXO ESTAR DESATIVADO. 

n)No meio da semana passei mais de meio dia mal, me contorcendo de cólicas estomacais devido a uma hérnia de hiato que tenho e revive com stress e excesso de nervoso. Em Salvador a parada na Farmácia foi obrigatória, no final da noite, impossibilitada de comer com vontade, eu só queria uma salada, mas não tem salada em Costa do Sauípe...

o)na segunda noite após uma tosse chatíssima pedi um xarope, não tinha, NÃO HÁ FARMÁCIA NA VILA DA PRAIA, a camareira apenas pôde oferecer um "leite com açucar queimado"!!!!

p) No restaurante italiano, o único que tinha "couvert", o pão e a manteiga chegaram JUNTO com o macarrão, o café demorou 20 minutos e a conta mais 20 - detalhe, o restaurante estava VAZIO.

q)Em ambos os restaurantes - nordestino e italiano - havia máquina de café expresso, na primeira vez, veio pura água, "intomável", a partir daí eu sempre pedia FORTE, continuou vindo pura água.

r)No domingo, último dia, liguei para a recepção pedindo um mensageiro para buscar as malas, ele demorou MEIA HORA. Quando cheguei na recepção para encerrar as contas, havia um casal fazendo o mesmo. O telefone tocou e a recepcionista parou para atender, devia ser alguém da administração, ela ficou aproximadamente 15 minutos contando pelo telefone sobre um problema ocorrido com outro encerramento de contas, enquanto isso eu e o outro casal ficamos esperando, detalhe: o problema que ela estava contando JÁ HAVIA acontecido. O aparelho de fax começou apitar porque acabara o papel, pois bem durante os 15 minutos ela não foi capaz de ouvir O IRRITANTE E INSISTENTE APITO, ELA SÓ COLOCOU PAPEL NO FAX (DETALHE: NÃO ERA ROLINHO, ERAM FOLHAS DE SULFITE) DEPOIS DE DESLIGAR O TELEFONE E ANTES DE VOLTAR A ATENDER O CASAL QUE ESTAVA AGUARDANDO JUNTO COMIGO. Resumindo: para fazer o famoso "passa a régua" demora 40 minutos...

s) Como eu estava pronta UMA HORA antes do horário marcado para a saída, resolvi utilizar esse tempo para conversar com o gerente geral e relatar todos os sucessivos dissabores vividos. Porém, segundo a recepcionista ele não fica em Costa do Sauipe na final de semana!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

t) Na segunda-feira, já em SP liguei para relatar todo o acontecido no aguardo de uma solução para reparar aquela desprezível e IRRECUPERÁVEL SEMANA, A ÚNICA NO DECORRER DE UM ANO. Conversei com Sra. Alba que pediu desculpas e anotou as INÚMERAS RECLAMAÇÕES, disse que iria fazer um relatório e encaminhar a diretoria, pediu meus telefones e disse que retornaria. Terça, quarta, quinta, sexta e NADA. Na sexta liguei já IRRITADÍSSIMA PELA FALTA DE CONSIDERAÇÃO E RESPEITO, AFINAL EU HAVIA RELATADO PROBLEMAS INADMISSÍVEIS, INACEITÁVEIS, DIÁRIOS!!!! Falei com ela novamente que disse que iria verificar o que estava acontecendo. Por volta das 19 horas me ligou Paulo Dias Vice Presidente Operacional, fiquei mais de quarenta minutos no telefone contando DE NOVO, detalhadamente AS FALHAS, o total despreparo dos funcionários, a alimentação precária, as bebidas ausentes e TUDO. Fui clara e disse que diante de tudo - antes, durante e depois - eu realmente tinha o direito de receber de volta todas as minhas despesas, pois era inadmissível ser obrigada a gastar 500,00 para ir até Salvador, porque a agência BBTUR localizada lá dentro só levava grupos de tantas pessoas e como aquilo estava "as moscas", LOGO tive que ir alugando um carro EXCLUSIVO, o que fiz direto com Salvador, pois o aluguel oferecido lá dentro também ERA MAIS CARO.

O Sr. Paulo pediu que eu lhe encaminhasse um e mail com as despesas e ele me retornaria o mais breve.

Encaminhei na mesma noite, imediatamente, as 19h57min 07/11/2000.

Pois bem, passou sábado, domingo, segunda, terça, quarta, quinta, sexta, e nada de retorno. Liguei inúmeras vezes e nada.

Na segunda-feira 13/11 as 13h22min, completamente irritada, constrangida, nervosa, inadmitindo TAMANHO DESDÉM, redigi novo e mail informando que, ou o depósito dos danos materias, acrescido de igual valor a título de danos morais era depositado imediatamente na minha conta, ou eu iria tornar público todo o ocorrido, principalmente a falta de respeito, educação e consideração posteriores as minhas reclamações, através de todos os jornais, internet, agência de turismo e, consequentemente com a propositura de ação indenizatória, só que desta vez com valores adequados ao socorro judicial, ante ao desprezo do meu pedido amigável. Em seguida liguei mais uma vez e avisei sobre o e mail que eu mandara. 

Horas depois o Sr. Paulo ligou e disse que a única proposta que tinha era conceder um crédito no valor dos danos materiais a ser UTILIZADO EM HOSPEDAGEM LÁ MESMO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Imediatamente respondi que a proposta era ridícula, indecente e desrespeitadora e afrontosa, se eu estou dizendo que foi um pesadelo passar uma semana lá, como vou VOLTAR para lá, errar uma vez é humano, duas é burrice. Com uma tranquilidade irritante ele me disse que queria apagar aquela imagem, e que gostaria demais que eu voltasse. Nessa hora literalmente meu sangue ferveu, e, pela primeira vez comuniquei que o que ele estava fazendo era além de ridículo, era contrário ao que estabelece a Lei, e que eu não iria para lá nem para ficar na suíte presidencial, porque eu não queria ter o trabalho de ter que elaborar um cardápio com comidas e bebidas para encaminhar antes da minha chegada lá. 

Eu não seria incoerente, eu estava relatando o que de fato vivi lá, consequentemente jamais aceitaria voltar. Ele ficou de verificar e ligar em 20 minutos. Passaram 2 horas e nada. Eu liguei e ele repetiu as mesma coisas. Eu disse que no mesmo dia já iria começas a tomar as providências cabíveis. Duas horas mais tarde me ligou Dra. Taíza 0xx71 2414799 ou 241 45 46, dizendo que um acordo era sempre a melhor opção, com o que eu concordei, mas a proposta era a mesma. Eu não concordei. Então ela disse que eu não podia ter me arrependido depois de estar aqui, questionando porque eu não fui embora logo no 2º dia. Eu disse que não iria contratar um jatinho particular para vir embora, uma vez que comprei um pacote de uma semana. Restou claro que o Departamento Jurídico representado pela Dra. Taíza além de desconhecer o código de defesa do consumidor, tem por princípio mandar o consumidor embora e não REPARAR AS FALHAS INADMISSÍVEIS PARA UM COMPLEXO CLASSIFICADO COMO CINCO ESTRELAS!!!!!!!!

Ela ainda completou - "AMEAÇOU???!!! - que, na hipótese de eu tornar pública essa tragédia hoteleira ela entraria com mandado de segurança para impedir a divulgação.

MAS EU QUERO QUE O MUNDO INTEIRO SAIBA QUE COSTA DO SAUIPE É UMA PROPAGANDA ENGANOSA. EU VIVI E VIVENCIEI PESSOALMENTE POR SETE DIAS ESSES DISSABORES.

t) Nem como cidadã consumidora e muito mais como profissional do direito e especialista em danos morais, não posso aceitar nem cogitar que eu seja tão subestimada. Estão presente nestas decepcionantes e frustradas e IRRECUPERÁVEIS férias o desrespeito ao consumidor, a propaganda enganosa, os danos morais agravados ainda mais com estas atitudes posteriores, principalmente com a coação para voltar lá, e a indagação desrespeitosa do porque não fui embora logo? Presente também os danos materiais pelo exorbitante preço dos lojas e todo consumo necessário, além do inadequado preço da hospedagem por aquele singelo café da manhã. Detalhe não há o tal café chocolate com receitas de Jorge Amado, não há frutos do mar, não há farmácia, muito menos padrão internacional.

Paraíso não, pesadelo sim!!!.


OBS: No último contato com o Paulo Dias ele disse que estava me mandando em seguida o e mail com a proposta de crédito para eu usar lá. Como é costumeiro - O TEMPO DA BAHIA É DIFERENTE DO TEMPO DE SÃO PAULO - O EMAIL CHEGOU DEZ DIAS DEPOIS, E A CARTA REGISTRADA NÃO CHEGOU ATÉ HOJE!!!!

IMPORTANTE: ESTE É O CONTEÚDO E A RESPONSABILIDADE E ATENÇÃO DO EMPREENDIMENTO COSTA DO SAUIPE SEGUNDO PALAVRAS DELES:

Por: Ana Lúcia Battagini Alves da Nóbrega, 33

 Resposta do Empreendimento Costa do Sauípe (Pousada Gabriela)

"Mata de São João, 20 de Novembro de 2000

À
Sra. Ana Lúcia Battagini da Nóbrega

Respondendo à solicitação de V.S.a de pagamento de indenização para ressarcimento de danos materiais e morais, referentes ao período de estadia no Empreendimento Costa do Sauípe (Pousada Gabriela), declaramos que a sua insatisfação não tem ressonância comparando à aceitação do nosso serviço pelos consumidores que visitaram o empreendimento. 

Outrossim, a alegação V.S.a. de que os produtos servidos na Pousada são de qualidade inferior não serve para configurar defeito do produto pela circunstância de que nos termos do art. 12 do Código de Defesa do Consumidor o produto não é considerado defeituoso pelo fato de outro de melhor qualidade ter sido colocado no mercado.

Portanto, o fato da Pousada eventualmente não possuir uma delirante variedade de queijos, picolés, sorvetes, camarões e lagostas não significa que a empresa colocou produto defeituoso para consumo, o que respaldaria uma pretensão indenizatória .

Do mesmo modo, o fato do serviço ter apresentado alguma lentidão no atendimento não causou nenhum prejuízo para V.S.a., principalmente pelo fato de que a filosofia do projeto Costa do Sauípe na contratação de seus empregados foi o aproveitamento da mão de obra local, ficando salientado que todo pessoal de atendimento são pessoas hospitaleiras, humildes, educadas e treinadas dentro do programa de integração social desenvolvido para região.

Ressalte-se que a empresa não realizou propaganda enganosa, desde que os filmes e os folders apresentam fotografias do local, que dispõe dos equipamentos exibidos e ofertados ao público.

Outro aspecto que deve ser observado, é que a despesa oriunda da utilização espontãnea por V.S.a. de serviços de taxi para Praia do Forte, bem como para Salvador, não pode ser transferida para a empresa, que não programou tais deslocamentos adotados por decisão pessoal de V.S.a, sem qualquer ingerência , uma vez que esta empresa não a obrigou a utilizar os serviços de transportes explorados por empresas que prestam serviço à Sauípe, dotados de equipamentos modernos e com requintes de segurança, através de ônibus com ar condicionado , de modelos modernos, com franquia de seguro para acidentes pessoais.

Os deslocamentos aludidos demonstram que V.S.a. tem total autonomia para adotar as iniciativas de acordo com sua conveniência, inexistindo constrangimento causado pela empresa que justifique o pagamento de dano moral..

Ressalte-se ainda que V.S.a. utilizou todos os serviços durante o período contratado, não questionando a qualidade no período de utilização do mesmo , deixando de utilizar o direito de arrependimento previsto no art. 49 do Código de Defesa do Consumidor que exige a utilização de tal direito no ato do recebimento do produto ou serviço sempre que a contratação de fornecimento do serviço ocorrer fora do estabelecimento comercial, viabilizando assim o pagamento da quantia despendida com a contratação do serviço.

Por oportuno, Costa do Sauípe deixa ressaltado que a grande maioria dos clientes que lá estiveram registraram satisfação com nossos serviços , através do preenchimento de formulários de avaliação disponibilizados nos quartos, o que atesta a favorável impressaõ que o empreendimento tem alcançado dentre aqueles que auferem os serviços prestados por nossa empresa.

Lamentamos, no entanto, que os serviços prestados ou produtos oferecidos estejam em desacordo com a expectativa pessoal de V.S.a. e desde já esclarecemos que a sua opinião está sendo analisada com a finalidade de buscar o aprimoramento cabível, sendo esta a preocupação primordial de nosso empreendimento, qual seja, a alcançar o máximo de satisfação por parte dos clientes que contratam nossos serviços.

Por fim, salientamos que, inobstante estejamos cientes de que não houve falha na prestação do serviço, apenas procurando resgatar a confiança depositada por V.S.a. e com a finalidade de retirar a negativa impressão da sua primeira visita á Costa do Sauípe, sem que isto signifique assunção de responsabilidade, esta empresa coloca á sua disposição um período de hospedagem semelhante ao que foi contratado, com direito á acompanhante , que poderá ser utilizado a qualquer tempo, de acordo com a sua conveniência pessoal.

Aguardamos Contato
Atenciosamente,
Edson Montrose
Gerente Geral"

 Réplica de Ana Lúcia Battagini Alves da Nóbrega

"ESTE RELATO, MUITO RESUMIDAMENTE, SAIU NO JORNAL NA PARTE DE DEFESA DO CONSUMIDOR, PORÉM, PARA "COSTA DO SAUIPE" A MATÉRIA É INSIGNIFICANTE, VEZ QUE ELES GASTAM MILHÕES COM PROPAGANDAS ENORMES - E ENGANOSAS - PORÉM, ACREDITAM QUE A PROPAGANDA ENGANOSA IRÁ VENCER, POR ISSO ESTOU AQUI, ALERTANDO VOCÊ QUE PRETENDE IR PARA LÁ... QUER UMA SUGESTÃO NOTA UM MILHÃO ???? Vá para ILHA DE COMANDATUBA, LÁ É EM TODOS OS SENTIDOS E ASPECTOS UM, OU TALVEZ O ÚNICO PARAÍSO AQUI NO BRASIL."

Vá para qualquer lugar...mas eu honesta e sinceramente te aconselho:

"não vá para costa do sauipe, não vale o preço, não existe a qualidade, você vai voltar "estressadíssimo".


Por: Ana Lúcia Battagini Alves da Nóbrega, 33

E-mail enviado por um leitor

Não sei até que ponto as declarações da turista Ana Lucia B.A. de Nobrega são reais, mas a riqueza de detalhes,sugere que tudo o que foi descrito seja verídico.

Está na hora dos responsáveis por este tipo de Hotel levarem mais a sério as queixas de seus fregueses e perceberem a força da Internet, já que " Vila Nova da Praia" perdeu 03 possíveis fregueses.

Após ler o descrito pela leitora, sugiro transformar o Hotel em "Spa Vila Nova da Praia"

C.A.Sellaro

 

 

Mande o seu diário também, clicando na cartinha ao 
lado, e conte para outros internautas como foi a sua viagem