Hotel Mayflower em Washington - Jan/03

Voltar

Escrevo estas linhas a fim de alertar os incautos viajantes sobre conduta praticada pelo hotel Renaissance Mayflower em Washington DC.

Paguei, em 09 de junho de 2002, US$ 421,99 por 43 minutos de ligação para o Brasil a partir de meu quarto (nº 569) no Hotel Mayflower em Washington DC. Isso representa a fantástica tarifa de US$ 9,81 por minuto!

Após o pré-infarto causado pelo absurdo da quantia cobrada, recuperei-me e desci até a recepção para apontar o que eu imaginava ser um erro evidente. Mas não, o funcionário, Sr. Ibrahim, muito educadamente, lembrou-me que eu estava em um hotel de luxo e, portanto, o valor estava correto!

Não satisfeito com tal explicação um tanto simplória, passei a investigar os repetidos erros cometidos pelo hotel:

1) o sistema de telefonia do hotel não reconhece período de tempo menor do que um minuto e, por isso, sempre arredonda para o minuto acima. Se você falar dez ou vinte segundos, paga por um minuto; se falar um minuto e cinco segundos, paga por dois minutos... Assim, com absoluta certeza, falei menos do que 43 minutos com o Brasil.

2) cobra-se, independentemente da ligação ter sido efetuada sem o auxílio de telefonista, sempre, a tarifa da AT&T para ligações assistidas por telefonista internacional. Em nenhuma de minhas ligações utilizei o auxílio de telefonista; todas foram ligações diretas. Não importa, você pagará por algo que não usou.

3) as informações, constantes de panfleto do próprio hotel dentro do quarto, sobre as tarifas telefônicas cobradas pelo Mayflower indicavam que seria cobrada a tal tarifa da AT&T (aquela para ligações assistidas), mais acréscimo de US$ 3,25, outro acréscimo de 55%, além dos impostos. Pois bem, telefonei para a AT&T, tendo sido atendido pela chefia local, através de uma pessoa muito educada, Sra. Clay, à qual perguntei de quanto seria a tarifa cobrada pela AT&T para ligações internacionais a partir do Hotel Mayflower. Para minha surpresa, a resposta foi: - não temos a informação de quanto seja essa tarifa!

Sei que para ligar do Brasil para os EUA, no mesmo horário em que eu liguei dos EUA para o Brasil (entre 22:00hs e 23:00hs) a tarifa cobrada, por minuto, é de US$ 0,35 pela Embratel e US$ 0,34 pela Intelig.
Após pagar os inacreditáveis US$ 9,81 por minuto de ligação para o Brasil, decidi, logo após, em Nova Iorque, comprar em uma farmácia um cartão telefônico.

Paguei exatos US$ 25 pelo cartão e liguei para meu apartamento em Curitiba, quando uma mensagem eletrônica avisou-me que eu poderia falar duas horas e vinte e um minutos a partir daquele instante! Isso corresponde a 18 cents de dólar por minuto.

Em conclusão: no mundo mágico do Hotel Mayflower o minuto da ligação internacional custa 54 (cinqüenta e quatro) vezes o valor praticado no próprio mercado americano.

No entanto, conforme alertado pelo Sr. Ibrahim, eu não deveria ficar assustado porque, afinal de contas, o Mayflower é um tradicional hotel de luxo...

Por: Guilherme Beltrão de Almeida.
ex-cliente de hotéis de luxo em Washington!
Curitiba - PR

 

 

Mande o seu diário também, clicando na cartinha ao 
lado, e conte para outros internautas como foi a sua viagem