Nepal e Índia - Nov/01

Voltar

Fiz uma viagem maravilhosa em setembro de 2000 para o Nepal e Índia, conciliando também uma passagem pela Europa.Viajei sem nenhum planejamento, somente comprei as passagens pela Air France(ótima escolha e serviço), de SP-Delhi-SP, com muita coragem e aventura no coração.

Recomendo primeiro que a pessoa viaje pela Índia depois siga para o Nepal, visto que as paisagens naturais dessa região impressionarão mais você. E caso faça o contrário, as suas impressões sobre a Índia serão negativas, devido a poluição, aos caos do transito, pedintes, vacas nas ruas...além do incessante cansaço que tens de barganhar para tudo.

No Nepal, região situada entre China e Índia, você se deparara com uma capital cosmopolita Kathmandu com seus diversos tipos de restaurantes, bares, livrarias, lojas, agencia de turismo, alem de encontrar as mais diversas nacionalidades, jovens alemães, japoneses, suíços,.italianos...e quem sabe brasileiros(são raros!).

Fiz um trekking(caminhada) na região de Annapurna-leste do Nepal, região onde as cadeias montanhosas chegam a medir 8000ms de altura.Com direito a safári no chitwan National Park e rafting no rio Tisuli.É um ótimo país para quem curte esportes radicais, natureza., não é a toa, que é famosa pela montanha mais alta do mundo o Everest-8.748m.Você poderá ver vários templos em Durbar Square, Baktapur e se apaixonar por outra cidade pequena chamada Pokhara com as suas paisagens, além de deliciar-se com pratos típicos-Dal Bhat ou pratos típicos tibetanos.

É simplesmente mais que uma viagem, um banho de imersão numa cultura milenar. Na Índia, visitei a capital Nova Delhi, com os passeios habituais pelos pontos turísticos-Casa do Parlamento indiano, o Indian Gate, Templo de Lótus, Memorial de Indira Gandi entre outros,.,mas o mais impressionante foi o Taj Mahal- em Agra-Jaipur, um monumento grandioso, realmente lindo.Mas cuidado com guias que falam que somente querem aperfeiçoar o idioma! 

E não cobram nada, por traz disso, existe uma máfia que envolve hotéis, lojas, ...tudo para atrair o pobre do turista. Passei também pelo Rajastao, Pushkar- cidade famosa pela feira de camelos, Rishkesh- norte da Índia(ótimo local para se refrescar do intenso calor, e onde poderá ver o rio Ganges limpo, com suas águas azuladas, esverdeadas..),. 

Adorei tudo, porém voltaria mais uma vez no Nepal, um pais adorável com um povo hospitaleiro, com seus cânticos tibetanos e nepalenses...É muito seguro viajar no Nepal sozinha, sendo mulher, agora na Índia você aproveitaria melhor se for em duas pessoas.

Carinhosos abraços
Namaste Nepal!!!
Suzana Isaka-SP

 

 

 

Mande o seu diário também, clicando na cartinha ao 
lado, e conte para outros internautas como foi a sua viagem