Varig dá calote - Set/02

Voltar

Expresso minha profunda indignação com o descaso que a VARIG adotou ao simplesmente cancelar o vôo RG 7142 para Munique no dia 15 de dezembro deste ano sem me informar previamente. Não fosse pelo fato de ter me dirigido ao balcão da Empresa no aeroporto, no dia 18 de novembro, para marcar os assentos, eu não teria conhecimento dessas mudanças até agora.

Estou viajando com minha tia a trabalho, e a mudança de vôo implica em várias perdas e em mudanças de planos - inclusive na programação das pessoas que nos esperariam no aeroporto.

A VARIG simplesmente nos colocou em outro vôo (para Frankfurt) SEM CONEXÃO para Munique. Por *solicitação minha*, ontem foi feita uma reserva em um vôo de conexão - o segundo vôo possível pois o primeiro já está lotado. Ou seja, mais tempo perdido. Se eu não houvesse feito essa solicitação, será que a VARIG teria simplesmente nos enviado para Frankfurt a seu bel-prazer? E quando seríamos avisados? No dia do embarque? A "bela" surpresa nos seria dada no aeroporto?

Isto é um tremendo desrespeito com o consumidor; uma falta de consideração. A VARIG está há quatro meses "girando" com o nosso dinheiro, pois já recebeu o pagamento pelas passagens (compradas em duas vezes no cartão VISA em 17/08/01). Se outra companhia aérea, a Lufthansa no caso, resolveu cancelar um vôo do qual a VARIG se aproveitava para vender passagens, a VARIG deveria abrir um novo vôo no lugar daquele para honrar o contrato feito com os passageiros que compraram um produto e possuem prova dessa compra (o bilhete).

Em época de crise na aviação, com passageiros cancelando reservas e planos de viagem, minha tia e eu deveríamos merecer um pouco mais de respeito por parte desta companhia.

Hoje, dia 23 de novembro, finalmente recebi um telefonema da empresa me informando que nada pode fazer para honrar a compre das passagens que fizemos. A empresa também não nos oferece nenhum tipo de compensação condizente com os transtornos e perdas que teremos - caracterizando um total descaso com nosso problema

José Pedro Fantin

 

 

Mande o seu diário também, clicando na cartinha ao 
lado, e conte para outros internautas como foi a sua viagem