Compare Produtos, Lojas e Preços
Dicas de Viagem

Sidney - Austrália

Voltar

Sidney é a maior, a mais antiga e a mais excitante cidade da Austrália e talvez do mundo, sendo um dos pontos turísticos mais atraentes deste país. Criada há 200 anos atrás, como colônia penal inglesa, Sidney cresceu rapidamente tornando-se uma cidade glamorosa,  acolhendo atualmente um povo multicultural de 4 milhões de pessoas.

 Austrália é a única nação que é uma ilha-continente, quase do tamanho do Brasil, mas com apenas 10% de nossa população. Transformada em 1788 em colônia penal inglesa, em 1850 tinha 400 mil habitantes e 13 milhões de ovelhas. É um país jovem, uma terra de contrastes,  com imensas extensões  de praias e de espaços abertos, florestas tropicais, montanhas nevadas e grandes desertos (Algumas das últimas regiões “solitárias” do mundo). O clima ameno permite ao turista conhecê-lo em qualquer época do ano. A ilha estado da Tasmânia tem  20% de suas florestas  consideradas patrimônio da humanidade.

Seus habitantes descendem dos colonizadores ingleses e, após 1945, de originários de todas as partes do mundo. Na década de 60, cerca de 86% dos imigrantes eram europeus, hoje 36% são asiáticos. É um dos países mais urbanizados do mundo, com 70% de sua população concentrada nas modernas e arborizadas cidades. O índice de analfabetismo é mínimo, 70% moram em casa própria e o voto é obrigatório.  São hospitaleiros, gostam de vida ao ar livre e também de apostas. 

O inglês australiano tem sotaque e expressões próprias. O padrão é o inglês  britânico. O turista não terá dificuldade em se comunicar, pois os australianos são simpáticos e atenciosos. A diferença de fuso horário é de 13 horas em relação à Brasília e o vôo dura 17 horas de Buenos Aires a Sidney, vôo transpolar.

Se você pretende ir à Sidney, dê uma navegada pelo site www.sydney.com.au que dá muitas dicas de hospedagem, reserva de hotéis, restaurantes e passeios. 

A menos que você possua um passaporte australiano ou neo-zelândes, precisará de um visto para viajar para a Austrália, emitido pelo Departamento de Imigração.Para saber como adquirir o visto entre no site da embaixada www.embaixada-australia.org.br ou telefone (011) 3849-6281, se você está em Sidney ligue para 231-4444 para informações.
 



Compare Produtos, Lojas e Preços





 



Como o clima é bastante tropical, leve roupas leves e aproveite para curtir a praia. A mais famosa é a praia de Bondi, badaladíssima e cheia de gente bonita e corpos esculpidos. O surfe é uma paixão que começa cedo e os australianos adoram esportes, principalmente os aquáticos. O topless é popular e a praia de nudismo oficial é Lady Jane Beach. Mas cuidado com as jelly fish, águas vivas venenosas que podem matar e ficam nas areias da praia e os tubarões que aparecem de vez em quando, mas existem em todas as praias, salva vidas bem treinados e seguindo suas orientações você sairá totalmente ileso destas surpresas. Outra dica é não tomar bebidas alcoólicas na rua porque lá é proibido por lei.

Outras praias dos subúrbios de Queenscliff e Manly tem juntas quase 2 quilômetros de mar e oferecem ótimas condições para os surfistas, mas suas correntezas são traiçoeiras para os nadadores.O Clube do Salva-vidas de Queenscliff é um dos 36 clubes de salvamento de Sidney. Num evento curioso, o Queenscliff Surf Carnival, as habilidades de seus membros são testadas em competições de surfe e botes.

A Austrália é o santuário de espécies exóticas (O canguru e o koala são alguns exemplos).
Aqui o turismo e a natureza se complementam.
No endereço http://www.zoo.nsw.gov.au/ pode-se visitar o zoológico Taronga Zoo , mais famoso da cidade e um dos maiores do mundo.

O que faz de Sidney a estrela deste mês é sediar os jogos olímpicos de 2000.O parque Olímpico foi uma zona industrial recuperada sendo um exemplo do projeto com preocupações ecológicas que será testado nos Jogos Olímpicos.

O SOCOG (Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Sydney) trabalhou junto a entidades esportivas internacionais para que não só as melhores instalações fossem construídas e utilizadas nos Jogos, mas também para que estas cubram e atendam toda a cidade, proporcionando aos espectadores uma visão geral de toda festa olímpica e de todas as pessoas de Sydney, enfim, mostrando ao mundo a identidade do povo australiano, anfitrião das Olimpíadas.

Sidney, capital de Nova Gales do Sul, e não da Austrália, como muitos pensam; na verdade a capital australiana é Canberra. Este erro conceitual não é nada surpreendente, já que Sydney foi constantemente votada pelas revistas internacionais de viagem como um dos melhores lugares do mundo para se viajar, além de se candidatar como sede das Olimpíadas. Com a proximidade dos Jogos Olímpicos, as atenções de todo o mundo tem se concentrado cada vez mais para Sydney, que está se preparando para receber um número gigantesco de pessoas nas duas semanas de duração desta grande festa do esporte mundial.

A vida na Cidade Olímpica gira em torno de seu Porto, que juntamente à  Opera House cercada de água por todos os lados, e à Ponte do Porto, formam um dos cenários mais fotografados e conhecidos do país. Estes lugares ficam próximos ao Cais, considerado o melhor local para as competições de navegação e triatlon nos Jogos Olímpicos. O Aquário de Sydney, o Museu Marítimo, os shoppings e o Darling Habour, a mais badalada área da cidade, fazem deste Porto à beira da baía do Botany um verdadeiro delírio para os turistas de todo o mundo. Não só bonito esteticamente, o Porto de Sydney é também bastante funcional, afinal de contas, ele é um dos principais portos da Austrália e possui diversas áreas industriais, tais como fábricas têxteis e automotivas, parques químicos e eletrônicos, estaleiros e refinarias de óleo. Sendo assim, importantes produtos deixam a cidade como a lã, o trigo e alimentos(entre eles, a carne), muitos desses produzidos em localidades rurais do estado de Nova Gales do Sul. Símbolo de modernidade, o Porto de Sydney é o real triunfo da tecnologia na Austrália, pois utiliza os mais avançados equipamentos na manipulação de navios cargueiros.

As Olimpíadas é um evento gigantesco.Estão sendo aguardados mais de 10.000 atletas e mais de 5.000 pessoas para prestigiar os atletas de seus países, sem contar os 15.000 jornalistas que irão cobrir o evento onde ficarão ligados mais de 3 bilhões de telespectadores atentos.Tendo em vista o fato de ser esta Olimpíada a última do milênio, o SOCOG vem se preparando para que os Jogos de Sydney sejam inesquecíveis, a produção de merchandising, a melhoria da tecnologia para que o placar marque imediatamente e eficientemente os resultados, vem ajudando sobremaneira nas finanças e gerando milhares de empregos. 

Como retirar o Visto para Turismo na Austrália

O turista precisa providenciar  o visto com 10 dias de antecedência , contatando a embaixada Australiana com sede em brasilia

  • Passaporte com validade mínima de 6 meses

  • formulário modelo 48r, preenchido e assinado

  • foto 5X7 ou 3x4 (colorida e recente)

  • xerox do imposto de renda completo

  • xerox dos tres ultimos hollerits ou pró-labores

  • xerox dos tres últimos  RPAs (para autônomos)

  • carta do empregador informando o tempo de serviço e período de férias do empregado.

  • comprovante de reserva e xerox do bilhete

  • para estudantes: carta de custeio com firma reconhecida e comprovação de renda da pessoa que está custeando a viagem

  • pagamento ao consulado de 63,00 (reais)

  • A embaixada ainda pode solicitar comprovantes de vínculos com o Brasil como extrato de conta corrente e aplicações bancárias

Links para conhecer melhor Sidney:

Sidney
Canberra
Opera House
Ponte do Porto
Canberra
Taronga Zoo
Embaixada da Austrália
Comissão de Turismo Australiana
Turismo Nova Gales do Sul
Centro de Visitantes
Departamento de Assuntos Externos e de Comércio

Reportagem :Yoko Nakamura

Voltar