Esportes de Aventura - Jan/05

Voltar

Ecoturismo e esporte de aventura estão totalmente ligados, abaixo descrevemos algumas destas modalidades :

Hikking - O hikking é a caminhada de curta duração, usualmente não ultrapassa um dia (SÃO PAULO, s.d. 2000). Segundo Pellegrini Filho (2000), o hikking é uma caminhada curta, normalmente de um só dia, sem pernoite na trilha. Esse termo também pode ser utilizado para se referir à caminhada esportiva. No Brasil, este termo é praticamente desconhecido.

Trekking - Pode-se preferir um trekking curto, de um dia apenas; um trekking de travessia de vários dias; ou então trekking de competição, que divide-se em de regularidade e velocidade. O trekking curto, ou de um dia como é também é conhecido, é a modalidade mais praticada no Brasil, principalmente pelos iniciantes, porque é simples e pode ser feita próximo aos centros urbanos. O trekking de travessia, ou de longa distância, é a caminhada feita sempre em grupos e não há competição; o objetivo é atingir um ponto de chegada. Essa prática dura geralmente mais de um dia. E o trekking de competição, na modalidade de regularidade (enduro), é realizado em equipe, que varia de 3 a 6 integrantes, onde o objetivo é cumprir as várias etapas estabelecidas nas planilhas, mantendo um ritmo condizente com o tipo de terreno e de obstáculos.

Rapel - é a técnica praticada em descida de rochas, cavernas, cachoeiras, prédios, utilizando-se de cordas. A princípio era aplicada em resgates e em espeleologia; atualmente é um esporte radical associado ao montanhismo, Canyoning, alpinismo.

Orientação - é uma corrida contra o relógio, através campos, matas, em áreas desconhecidas e em um percurso materializado com postos de controle, que o participante deve encontrar seguindo uma ordem imposta, servindo-se de um mapa e de uma bússola. A orientação, devido de suas características, estimula cerebral e fisicamente seus praticantes, exigindo, ao mesmo, ótima forma física e qualidades excepcionais de percepção, de análise, de concentração e domínio de si mesmo.

Escalada em rocha - A modalidade esportiva de escalada em rocha, teve a sua origem do alpinismo. é dividida basicamente em escalada livre e artificial.

Espeleologia - A espeleologia é visita ou a exploração de cavernas com ou sem finalidade de estudos dos ambientes subterrâneos.

Canyoning - é uma travessia onde se visa percorrer o canyon, caminhando e realizando rapel pelo curso do rio. Seguem-se as partes mais profundas do canyon, sendo obrigatório, andar pela água.

Rafting - o rafting (do inglês raft, que significa balsa) é a aventura de descer rios e corredeiras em um bote de borracha. O rafting é um esporte ideal para quem gosta do contato com a natureza. No Brasil, quase todos os roteiros são em lugares de mata preservada ou em reservas ecológicas. É um excelente exercício antiestresse.

Acquaride - é praticado em corredeiras de rios, mas de uma maneira diferente: o praticante se posiciona de peito em um minibote inflável e enfrenta, sozinho, a descida do rio. O esporte nasceu de uma brincadeira entre os ribeirinhos (moradores das margens dos rios) e a princípio era praticado com câmaras de caminhão infladas.

Canoagem - existem diversas modalidades de canoagem. Cada uma com um diferente estilo e uma diferente emoção. As diversas modalidades de canoagem são: a) Canoagem em Velocidade, é praticada em raias olímpicas; b) canoagem Slalom, é a descida de corredeiras com balizas; c) canoagem de Descida (Down-River), é de velocidade praticada em rios encachoeirados; d) canoagem Onda (Surf), praticada na área de arrebentação, ondas do mar; e) canoagem Oceânica, praticada para grandes travessias; f) caiaque Pólo, um jogo praticado em piscinas olímpicas. Esta modalidade vem ganhando muito espaço no Brasil; e g) caiaque Turismo, praticado para fins turísticos.

Parapente - O parapente, originado do françês parrapant, ou paraglider, originado do inglês, possuem o mesmo significado. Nasceu na frança, há cerca de 15 anos, obra dos alpinistas que procuravam uma maneira mais fácil, rápida e não menos emocionante de descer das montanhas, depois da longa e trabalhada escalada. O paraglider é totalmente dirigido pelo piloto através de duas linhas, uma de cada lado, que permitem as manobras. A grande arte é saber é saber aproveitar as correntes de vento, principalmente às térmicas (ascendentes), de modo a voar mais longe e por mais tempo .

Paraquedismo - é o esporte no qual o seu praticante salta de alturas elevadas, geralmente de avião ou equipamento similar, levando um aparelho (pára-quedas) nas costas, que abre em determinado momento da descida, diminuindo a velocidade da queda.

Vôo livre - é a modalidade esportiva que faz uso de asa-delta e das correntes aéreas, após um salto que o praticante realiza de um ponto elevado.

Corrida de Aventura - é um esporte relativamente novo, fruto do aperfeiçoamento dos vários tipos de esportes na natureza já existentes, e claro, da criatividade de seus idealizadores. A idéia básica é misturar, em uma mesma prova, esportes diversos como trekking, mountain bike, técnicas verticais, rafting, canoagem e cavalgada.

Reportagem: Marcelo Russo

Voltar