Ecoturismo

Bueno Brandão - MG - Ago/05

Voltar

 
Situada no sul de Minas, nas cristas da Mantiqueira, Bueno Brandão, antigamente chamada Campo Místico é uma cidade encantadora. Integrante do circuito das águas na região sudeste, reúne 33 cachoeiras, é cortada por vários rios e está localizada em região montanhosa no sul de Minas Gerais, quase na divisa com São Paulo.

Região montanhosa com picos de até 1.750m acima do nível do mar, entrecortada por vales, possui picos acima de 1.700m, clima agradável na maior parte do ano e muito verde apresentando matas nativas onde se é prazeroso caminhar, conhecer, acampar, saciando a sede com águas de minas naturais. E ao cair da tarde, contemplar o sol a se por atrás dos montes, tomando um vinho, saboreando um queijo e uma boa comidinha mineira.

Vários lugares são de fácil acesso, e qualquer pessoa poderá lhe dizer como chegar, já que o povo de características ainda bastante interioranas, o que o torna extremamente hospitaleiro. Mas outros são escondidos e de acesso muito difícil , sendo necessário o acompanhamento de um guia. A Mata Atlântica densa conserva os vales intocados, mas muitas quedas d’água podem ser alcançadas por trilhas curtas que começam nas estradas.

Para quem gosta de aventura e caminhadas árduas, existe a Trilha do Cascavel, que atravessa 7 cachoeiras, incluindo as imponentes Félix, Machado II e Cascavel. Há serviços de cavalgadas que levam o dia todo; passeios de Jipe ou trekking através da mata passando por belas cascatas e mirantes e para os fãs de esportes radicais encontrarão penhascos e corredeiras próprios para Rapel, Canyoning, cascading e bóia-cross.

Já no inverno, Aproveitar o rigor das baixas temperaturas que acalentam a cidade, Bueno Brandão, juntamente com outras cinco cidades circunvizinhas, compõe o chamado "Circuito das Malhas do Sul de Minas" e o visitante pode aproveitar dos trajes de malha em tricô ou crochê.

Cachoeiras

Cachoeira Boa Vista dos Barbosas I
Queda de 11mts
Estrada: Bueno Brandão - Inconfidentes - 10 km
(própria para banho)

Cachoeira dos Félix
Queda de 40mts
Estrada: Bueno Brandão - Socorro - 7 km
(própria para banho)

Cachoeira da Santa Rita
Queda de 18 mts
Estrada: Bueno Brandão - Munhoz - 16 km

Cachoeira do Cascavel
Queda de 30mts
Estrada: Bueno Brandão - Munhoz - 10 km
(própria para prática de escalada e rapel)

Cachoeira dos Ciganos
Quedas parciais ao longo de 35mts
Estrada: Bueno Brandão - Munhoz - 9 km

Cachoeira do Machado I
Queda de 15 mts, seguida de corredeiras
Estrada: Bueno Brandão - Socorro - 10 km
(impróprio para banho, perigo de acidentes)

Cachoeira do Machado II
Queda de aproximadamente 70 mts
Estrada: Bueno Brandão - Socorro - 10 km
(própria para prática de rapel)

 



Compare produtos, lojas e preços
Digite produto ou marca





 




Trilhas

Pico da Torre - Do topo, com 1.800m de altitude, é possível avistar, entre os meses de novembro e março, pontos localizados a grandes distâncias, como a Pedra do Baú, em Campos do Jordão (SP). Acesso pela estrada para Guabiropa, 13 km.

Pico dos Dois Irmãos - Com 1.600m de altitude, teria sido uma moradia indígena. Acesso pela estrada para Bom Repouso, 14km.

Morro da Serrinha - Com 1.500m de altitude, possui um paredão de onde se avista toda a cidade. Acesso pela estrada para Socorro, 4km.

Para chegar:
A partir de Belo Horizonte, siga pela BR-381 (Fernão Dias) até a cidade de Pouso Alegre; continue depois por uma estrada secundária em direção a Bueno Brandão por mais 70Km. Para quem sai de São Paulo, o melhor é pelo sistema Anhanguera/Bandeirantes até Jundiaí e, posteriormente, SP-360 até a divisa com Minas Gerais. Daí, são mais 70km até Bueno Brandão, passando por Ouro Fino e Inconfidentes.
Bueno Brandão está a 450 Km da Cidade do Rio de Janeiro, 450 Km de Belo Horizonte e apenas 160 Km da Cidade de São Paulo.

População de 10.928 habitantes

Geografia
Localizado aos 22.26’00"de latitude sul e longitude 46.26’00’
Área de 638,88Km², ao sul do Estado de Minas Gerais.
O município encontra-se numa área planáltica, sobre as cristas da Mantiqueira, com altitudes variando de 1.250m a 1.800m; fazendo parte do região sul mineira denominada "Mares de Morros".

O Clima é ameno na maior parte do ano, com temperaturas médias variando de 17º a 23º, com invernos rigorosos, chegando algumas vezes nesta época do ano a temperaturas próximas a 0º.
A Vegetação predominante é a Mata Atlântica, com presenças de Matas de Araucária.
A Hidrografia é composta de vários riachos de pouca expressividade quanto ao volume d’água, sendo os principais rios do municípios o Rio das Antas, o qual corta a cidade, Rio Cascavel e o Rio Cachoeirinha. Uma particularidade da hidrografia local, é que, aliada ao relevo bastante acidentado, forma inúmeras cachoeiras, das quais 33 já foram catalogadas e estão sendo exploradas turisticamente.

EVENTOS:

Carnaval
Fevereiro - O maior evento do município. Contando com cerca de 8.000 turistas fora a população local que juntos superlotam a Praça Virgílio de Melo Franco, local onde acontece os desfiles das escolas de samba (Zunidos da Saudade e Unidos da Vargem Grande) e onde se encontra o palco com bandas ao vivo e som mecânicos todos os cinco (05) dias de Carnaval (de Sexta a Terça –feira) até o raiar do sol com matinês durante o dia.

Enduro de Regularidade
Abril - É realizada a Etapa do Enduro de Regularidade "Enduro das Cachoeiras" que conta, geralmente, com cerca de 150 participantes e por volta de 3.000 espectadores. Shows ao vivo na Pça. Virgílio de Melo Franco.

Clube Montesino
O clube realiza grandes festas durante o ano, com destaques para o Baile da Festa de Agosto e o Baile do Hawaii, no final do ano.

Festa de São Benedito e São Sebastião
Maio - Esta é uma festa tradicional do município, realizada anualmente durante as duas primeiras semanas de maio. Durante a festa, o turista pode conhecer um pouco mais de nossa cultura, bem como fazer parte de nossas comemorações.
A festa tem como núcleo o centro comunitário Bom Jesus. Todos os dias leilões e rodadas de víspora e bingo oferecem, além de bons prêmios, uma divertida distração para a população. Simultaneamente, shows de dança, música e similares são realizados no palco do centro comunitário.

Arraia do Zé Bagunça
Julho - É uma típica festa Junina, que leva este nome em homenagem a um senhor apelidado de Zé Bagunça que por promessa a São João, todos os anos realizava festas Juninas com ajuda de amigos e vizinhos, onde nada era comprado, cada casa de sua rua, doava ao público algum produto típico de festa Junina como quentão, biscoitos, etc... No entanto, estas festas foram tomando corpo e atraindo cada vez mais público e hoje voltam a se realizar, em benefício a entidades assistenciais de nossa cidade. Ela se dá no mês de julho na Pça. Virgílio de Melo Franco.

Reportagem: Vagner Vieira

Voltar