Uma forma barata de conhecer à Europa - Nov/01

Voltar

Uma das formas mais tradicionais, aos jovens que vão à Europa todos os anos, de conhecer diversos países e economizar é “mochilar”.

Viajar pela Europa com uma mochila nas costas já é praticamente um ritual. Todos os anos, cerca de 350 mil jovens com menos de 26 anos percorrem o continente usando os serviços de trem e ônibus que permitem chegar a 28 nações diferentes.

Nesse tipo de aventura só se leva o indispensável pois convenhamos, carregar aquelas mochilas durante todo o percurso já é um fardo bastante pesado...Durante o dia, pode-se conhecer as grandes metrópoles do mundo, enquanto à noite, descansa-se em albergues para jovens ou a céu aberto. 

Os albergues são muito simples e, às vezes, não merecem sequer uma estrela. Na pior das hipóteses, oferecem dormitórios, um banheiro e comida e, em alguns, há cozinhas que são compartilhadas pelos hóspedes.
Você pode conhecer alguns endereços em nossa reportagem sobre Albergues da Juventude.

A viagem fica ainda mais barata se, com o equipamento necessário, a escolha for passar a noite sob as estrelas, em algum Camping. Mas é importante conhecer a fauna do lugar -- animais perigosos podem estar à espreita e as condições de temperatura do país, porque o inverno costuma ser bastante rigoroso.

Além disso há ainda muitas outras coisas que devem ser levadas em conta antes de se iniciar o passeio. 

Passaportes e vistos: obtenha ou renove seu passaporte e garanta todos os vistos necessários antes de viajar. Tenha a mão os endereços das embaixadas ou consulados de seu país nos lugares que vai visitar, assim como seu número de telefone.

Passe de trem (railpasses): os europeus menores de 26 anos podem obter, com dois meses de antecedência, um desses passes com duração de um mês que lhes permite percorrer a Europa a um custo de 390 dólares.

Os europeus podem comprar passes de Eurail com duração de 15 dias a três meses, pelo valor de 400 a 1,6 mil dólares. Muitas agências de viagens têm as informações necessárias, como o site oficial www.eurail.com.

Agência de viagens para estudantes: são estabelecimentos que atendem a todo tipo de clientes, mas aqueles que possuem a carteira internacional de estudante, o Youth Travel Card, e tem menos de 26 anos contam com descontos especiais.

As principais agências são a STA Travel (http://www.statravel.co.uk), o Council Travel (http://www.counciltravel.com) e a Usit WORLD (http://www.usitcampus.co.uk).

Seguro de viagem: a STA Travel e o Council Travel, entre outras oferecem seguros.

Alojamento: Há listas disponíveis nos sites www.hostels.com e www.iyhf.org. Também se pode conseguir passes Interpoint ao custo de três dólares nos alojamentos da YMCA (a associação da juventude cristã), que permite hospedagens em suas instalações, em todo o mundo, e por nove dólares se pode participar de diversas atividades e receber assessoria ao viajante.

Permanecer em um acampamento oficial custa entre três e 12 dólares. Se resolver acampar em algum lugar, verifique se é uma propriedade privada para pedir autorização prévia e não se meter em confusão.

Dinheiro: Talvez o mais importante. Como em qualquer viagem, os cartões de crédito e débito são uma boa opção, mas é melhor verificar os custos por retirada em caixa automático. Os travelers cheques também são uma boa idéia, mas não é recomendável levar muito dinheiro em espécie.

Manter contato: Muitas cidades européias dispõem de cyber cafés, uma alternativa barata de comunicação.

Comida: Não coma qualquer coisa. Preste atenção nas condições de higiene do local. Lave tudo o que puder antes, como frutas e verduras.

Com estes conselhos desejamos uma excelente e econômica viagem à Europa.

Reportagem: Carolina Akemi