Quem é o turista estrangeiro que visita o Brasil ? - Ago/04

Voltar

A maior parte deles tem entre 28 e 45 anos, grau superior completo e, em média, permanece duas semanas no país com gasto de US$ 87,99 ao dia. Essas são algumas das conclusões da Demanda Turística Internacional 2003, pesquisa do Ministério do Turismo e EMBRATUR (Instituto Brasileiro de Turismo), realizada por amostra, sobre o fluxo internacional do turismo receptivo e emissivo no Brasil. O estudo completo está disponível no Portal Brasileiro do Turismo.

Dados preliminares do Anuário Estatístico 2004, em fase de finalização, indicam que 4,1 milhões de turistas estrangeiros visitaram o Brasil no último ano, garantindo uma receita cambial de US$ 3,4 bilhões, uma variação positiva de 8,52% sobre 2002. "A partir do estudo da Demanda, evidencia-se também que houve uma qualificação deste gasto do turista", conta José Francisco de Salles Lopes, diretor de Estudos e Pesquisas da EMBRATUR. Isto porque o gasto médio por dia passou de US$ 86,17, em 2002, para US$ 87,99 no ano passado, um crescimento de 2,11%.

Como principal motivador da viagem aparece o lazer, com 53,9%, seguido do turismo de negócios (26%) e da visita a familiares e amigos (17,1%). E na hora de escolher o destino Brasil, a propaganda boca a boca – por meio de informação de amigos – foi a principal influência para 61,9% dos turistas. A Internet aparece em segundo, com 13,4%. Dos entrevistados, 45,1% viajavam com a família, sendo que 76,8% não tiveram a visita organizada por agência de viagens. "Cerca de 47% do nosso fluxo está situado na faixa entre 28 e 45 anos. São pessoas que têm maior estabilidade econômica com possibilidade de fazer viagens mais freqüentemente", acrescenta Lopes.

 

97,2%
dos turistas estrangeiros que visitam o Brasil
têm intenção de voltar

 

Das cinco primeiras cidades no ranking de mais visitadas, três são do Nordeste. Chama a atenção Fortaleza (CE), que ganhou três posições em relação a 2002, ocupando agora o quarto lugar na preferência do visitante internacional, com 8,5%. Salvador (BA) mantém a terceira posição, atrás de Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP), históricas primeiras colocadas. Recife (PE) fica em quinto lugar, com 7,5%. Enquanto a capital fluminense tem no turista de lazer seu principal visitante (57,9%), São Paulo recebe mais turistas de negócios (42,7%).

Em geral, o estrangeiro costuma retornar ao Brasil: para 67,1% dos entrevistados esta não era a sua primeira vez por aqui, sendo que 97,2% manifestaram intenção de programar uma nova visita. Quanto ao nível de satisfação em relação à viagem, 56,5% das pessoas declararam terem tido suas expectativas plenamente correspondidas, sendo que apenas 2,2% manifestaram alguma decepção. "Cerca de 90% dos entrevistados não apresentou qualquer crítica ao país em decorrência da viagem", ressalta Lopes. Dentro das críticas apontadas, o primeiro item é a sinalização turística (10,3%), seguido da limpeza pública (10,1%) e da segurança pública (9,3%). Quanto à sinalização, o Ministério do Turismo, até este mês, tem empenhado R$ 4 milhões para 13 projetos de sinalização turística.

Cidades mais visitadas em 2003 (%)

1

Rio de Janeiro, RJ

36,9

2

São Paulo, SP

18,5

3

Salvador, BA

15,8

4

Fortaleza, CE

8,5

5

Recife, PE

7,5

6

Foz do Iguaçu, PR

7,4

7

Búzios, RJ

6,0

8

Porto Alegre, RS

5,9

9

Florianópolis, SC

5,3

10

Belo Horizonte, MG

5,1

Metodologia e nova pesquisa – Para realização da Demanda Turística Internacional 2003 foram entrevistados, no momento da partida do país, cerca de cinco mil estrangeiros, durante a alta (fevereiro) e baixa (setembro / outubro) estações. Nos mesmos períodos, responderam ao questionário aproximadamente 2.500 brasileiros, em relação ao turismo emissivo. A partir deste ano, a Demanda ganha mais fôlego. Por meio de parceria com a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômica), o estudo contará com quatro etapas de levantamento, realizadas em cinco pontos de fronteiras terrestres e em dez aeroportos. Já em fase inicial de pesquisa de campo, serão entrevistadas cerca de 36 mil pessoas ao longo de 2004. E nos próximos meses, a EMBRATUR divulgará resultados preliminares.

Fonte : Embratur