Passeio ao Corcovado - RJ - Ago/06

Voltar

O famoso Monumento ao Cristo Redentor está de braços abertos em forma de cruz, voltada na direção de Botafogo. É o monumento mais alto do Rio, a 710 m de altitude; tem no total 38 m de altura, (30 estátua + 8 pedestal) 29 m de envergadura e pesa 1.145 toneladas. O pedestal, em mármore negro, abriga uma pequena capela. Uma escada em caracol permite o acesso à cabeça e aos braços (Não aberto aos visitantes). Construída pelo engenheiro Heitor da Silva Costa e pelo escultor Paul Landowski, sua inauguração ocorreu em 12 de outubro de 1931, com os refletores de iluminação sendo ligados via rádio por Marconi, a bordo do iate Electra. Os 44 novos refletores instalados para as comemorações do 4º. centenário da cidade (1965) foram ligados de Roma pelo Papa Paulo VI.

A estátua do Cristo Redentor começou a ser planejada em 1921, quando foi organizada a "Semana do Monumento" - uma campanha para recolher contribuições dos católicos. No entanto, as doações só começaram 10 anos depois quando o Arcebispo Dom Sebastião Leme passou a coordená-la.

Os primeiros esboços do Cristo foram feitos pelo pintor Carlos Oswaldo, que o imaginou carregando uma cruz, com um globo terrestre nas mãos, sobre um pedestal que simbolizaria o mundo. Mas foi a população carioca que optou pela forma da imagem do Redentor de braços abertos, como ela é hoje conhecida no mundo inteiro.

O projeto foi desenvolvido pelo engenheiro Heitor da Silva Costa e levou quase cinco anos para ser concluído.

Foram estudados vários materiais para o revestimento da estátua, mas por fim foi escolhida a pedra-sabão, utilizada por Aleijadinho para esculpir os Profetas em Congonhas do Campo, Minas Gerais.

Construir o monumento não foi fácil. Como a execução da obra era impossível no Brasil, os desenhos foram levados para a França, aos cuidados do escultor polonês Paul Landowski. De volta ao país, as peças foram transportadas nos trens da Estrada de Ferro do Corcovado e montadas no alto do morro. O Cristo Redentor, considerado uma homenagem à religiosidade carioca, tornou-se um símbolo da cidade e da simpatia do povo carioca, que recebe a todos de braços abertos.

A Estrada de Ferro do Corcovado foi a primeira ferrovia eletrificada do Brasil. Inaugurada em 1884, é mais antiga do que o próprio monumento do Cristo Redentor. Aliás, foi o trem que, durante quatro anos consecutivos, transportou as peças do Cristo.

 

Para chegar ao alto do Morro do Corcovado, o trem atravessa a maior floresta urbana do planeta, que foi também a primeira da história a ser replantada.

 

Outros Links para Matérias no Rio de Janeiro:
-
Búzios
- Ilha Grande
- Itatiaia
- Parati

Reportagem: Renato Duarte

Voltar