Se você tivesse oportunidade, para qual país você viajaria para aprender inglês? - Nov/02

Voltar

A Revista Turismo fez esta pesquisa no período de cinco meses entre junho e outubro de 2002 e teve a participação de 1487 pessoas que votaram e deram suas opiniões.

Atualmente o mercado exige profissionais cada vez mais qualificados para os trabalhos mais diversos exigindo além dos conhecimentos específicos do ofício. Com esta exigência, diversas empresas exigem do candidato a fluência em mais de um idioma. Dizem alguns que conhecer a língua inglesa não é mais diferencial e que agora o profissional deve dominar dois ou três idiomas diferentes como o espanhol e o alemão.

Quanto mais jovem é o estudante de uma nova língua, mais fácil é o aprendizado pois o cérebro, em formação, está preparado para receber novas informações de desenvolvê-las.  Mas aprender uma nova língua é uma tarefa que exige dedicação do aluno e prática diária.

A melhor forma de praticar diariamente o idioma utilizando-o 24 horas por dia e reduzindo o período de aprendizado é viver entre pessoas que falam a língua. É por isto que a Revista Turismo resolveu fazer a pergunta: Se você tivesse oportunidade, para qual país você viajaria para aprender inglês?

Foram listados quatro países de língua inglesa mais lembrados em viagens. A Austrália foi lembrada por 33% internautas representando 495 votos. A Austrália além de ter o inglês como língua, tem um clima tropical próximo ao Brasil, ao contrário dos países do norte onde geralmente faz frio.

A Grã Bretanha foi a segunda a ser escolhida tendo 322 votos, 22% do total. A Grã Bretanha representa a Inglaterra, Irlanda, Escócia e País de Gales. Os Estados Unidos, apesar dos problemas decorrentes da tragédia de 11 de setembro foi escolhido por 301 votos ou 20% das pessoas que votaram. O Canadá, que no início da pesquisa saiu na frente, acabou ficando com o quarto lugar das escolhas recebendo 262 dos votos ou 18%.

Apesar das quatro alternativas de países, 5% das pessoas preferem ir a outro país de língua inglesa pelo mundo como . E mesmo que tivesse oportunidade de viajar para um país de língua inglesa e estudar fora do Brasil, 27 pessoas não o fariam e estudariam aqui mesmo.

Reportagem: Wagner Vieira  

Voltar